22 de outubro de 2013

E agora? Já não há Pão-por-Deus?

Pois é meus amigos... Já tinham pensado nisto? 

Em 2013 decidiram extinguir quatro feriados, dois civis - 5 de Outubro, dia da Implantação da República e o 1.º de Dezembro, dia da Restauração da Independência, e dois feriados religiosos - 30 de Maio, dia do Corpo de Deus e 1 de Novembro, dia de Todos os Santos. 

Os civis, como tem a ver com a história do país, não interessa. Quem quer saber da implantação da República? ou da restauração da Independência? se há quem achava que devíamos ser espanhóis?

Mas não é isso que me preocupa, nem isso nem o dia do Corpo de Deus, mesmo sendo crente, e reconhecendo o valor de tal dia. O que me preocupa é o dia 1 de novembro. Sim, esse dia de Todos os Santos "era", mais do que isso, o famoso e indispensável dia do Pão-por-Deus!
Já alguém mostrou preocupação com o vazio que vai ser criado na tradição dos portugueses? Como é que vão agora fazer as nossas crianças? Sem feriado há aulas e assim não há o corre aqui e acolá, bate nesta e naquela porta... 

Como vão agora receber sacadas de fruta, broas, chocolates e outras coisas que mais do que o valor e do sabor, têm, para cada uma das crianças, outros valores, como do convívio, da integração, da partilha... 

Que nos cortem nas pensões, nos vencimentos, nas comparticipações, nos abonos de família, até [talvez] compreendêssemos se tivéssemos direito ao Pão-por-Deus... Mas, até isso nos cortam! Assim, não tem piada nenhuma. 

O Pão-por-Deus é um peditório ritual feito por crianças, embora antigamente participassem também os pobres, associado às práticas relacionadas com as refeições cerimoniais do culto dos mortos.

E agora? Já não há Pão-por-Deus?

Outro texto sobre o tema: O último Pão por Deus, por Maria João C. Martins, in Pequenos Detalhes, 1/11/2009

Sem comentários:

Enviar um comentário

Por opção pessoal, o exercício da liberdade de expressão é total nas caixas de comentários abertas ao público, disponibilizadas no meu blogue, estando apenas vedadas, e a partir desta data, aos anónimos, pois como se trata de um blogue pessoal entendo que não faz sentido que não se saiba quem gosta ou não das minhas publicações.

2013.02.07

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...